Blog

O vestido de noiva

Vestido de noiva princesa para casamento em Blumenau.

Acho que é unânime – pensou em casamento, pensou no vestido de noiva. Mesmo aquela noiva mais tranquila, aquela que não viveu a infância inteirinha sonhando com o dia que usaria o tal vestido branco (tipo eu), precisa pensar no dito cujo depois de marcar a data.

São taaaaantos modelos, tantos tipos diferente de saia, decote, de tecido. Renda, na minha infância, era só uma, viu?!

Como encontrar o vestido ideal? Qual modelo de vestido combina mais com meu casamento? Qual combina com meu corpo, meodeos? Quantos tecidos diferentes precisa ter o meu vestido de noiva? Bom, que atire a primeira caixa de alfinetes quem nunca teve dúvida alguma, bateu o olho e saiu da loja com o primeiro modelo que viu!

No meio de tantas dúvidas, pedi ajuda para quem entende, busquei vídeos e fotos para ilustrar e o resultado foi esse:

Vestido princesa

Tem corpete e cintura bem ajustados, saia rodada e ampla. Pode ser confeccionado com bucol (para os leigos, um tipo de cetim) e saia de tule (quanto mais camadas mais lindo). O corpo pode ser liso ou bordado com rendas e pedrarias. Favorece altas e magras, disfarça quadril e seios fartos.

 Vestido noiva princesa casamento

Vestido Neide Kuhlmann | Foto: Cristian Janke

A Vanessa divou. Loira, linda, alta e miss, era só o que faltava para ela casar mesmo: vestido princesa em bucol com muitas saias em tule francês  e corpo bordado com rendas e aplicação de cristais.

Mas não basta ser miss, tem que ter amigos #top e fazer uma festa do tipo ‘quero tudo de novo’ para brilhar no vestido de noiva dos sonhos (espia no vídeo que coisa mais linda esse dia miagente).

Vestido reto 

Acompanha as linhas do corpo e desce reto do quadril ao chão. Tecidos estruturados são ideais para este modelo (bucol, duchesse ou zibelina). Favorece todas as silhuetas, disfarça gordurinhas e quadril largo 

Vestido reto para noivas.

Vestido evasê ou A 

Corte em A começando justo ao corpo e abrindo suavemente até o chão. Tecidos estruturados são ideais, pode ser todo liso ou com rendas. Também favorece todas as silhuetas. Disfarça quadril largo e alonga. Na dúvida este corte é o ideal.

Vestido de casamento modelo êvase em A.

Vestido: Neide Kulhmann | Foto: Melqui Zago

A Joanna ficou ma-ra-vi-lho-sa (nada difícil pra essa pessoa que nasceu com esse rostinho e esse cabelo vermelho de botar inveja em todas as ruivas de farmácia ~tipo eu por anos~)!

Outro vestido em A que ficou a cara da noiva é o da Micheli, em bucol, com corpo e sobre-saia em renda e cinto de cristais com pérolas; pra finalizar, véu tipo mantilha com barrado de renda (no vídeo):

Vestido sereia 

Ajustado ao corpo até o joelho, abrindo até o chão geralmente  com uma cauda. Tecidos estruturados até o joelho são necessários. Favorece quem está super em  forma (nem preciso dizer que esse não será o meu vestido, néam), altas, magras e longilíneas.

Vestido sereia para noivas.

Semi sereia 

Ajustado ao corpo até a altura dos quadris abrindo levemente a partir daí. Tecidos mais estruturados, podendo usar tule e renda para acabamentos. É o modelo ideal para para quem gosta do sereia mas quer mais mobilidade. Favorece várias silhuetas, em especial noivas com cintura fina.

vestido semi sereia casamento

Vestido: Neide Kuhlmann | Foto: Cristian Janke

A Monique não ficou só linda, nesse vestido que brilhou no dia de casamento e no pós, em Gramado. Ela dançou muito (muito muito muito no dia do casamento), prova que ele era muito confortável!

Quer ver?!

Modelo império

Ajustado no busto abrindo logo abaixo do busto. Tecidos mais leves como chanel, crepes e musselines são recomendados. Ideal para noivas grávidas.

Vestido império.

Aí você pensa, agora sei TU-DO sobre vestidos, mas descobre que ainda pode aprender sobre decotes e véus #nãoestásendofácil

Decote Canoa: tem formas arredondadas e segue a linha da clavícula de ombro a ombro. Esse estilo é muito aconselhável para as mulheres que querem aumentar o tamanho dos ombros, são magras e tem quadris largos. Não fica muito bem para noivas com seios grandes.

Decote em V: O corte do vestido com o formato da letra V, afina o corpo, emagrece e alonga o pescoço. É um modelo muito recomendado para baixinhas e gordinhas, pois o formato ajuda a alongar a silhueta da mulher. 

Decote quadrado: Esse decote é para aquela noiva que quer um visual discreto. Ele pode ter alças à altura dos ombros ou mangas. É recomendado para mulheres com qualquer tipo de seio, seja pequeno ou grande. Não fica muito bem nas noivas muito magras; em compensação naquelas que tem quadril largo e pouca cintura ele “cai como uma luva”.

Decote tomara que caia: O tomara que caia normalmente é o preferido pelas noivas. Seu  corte reto, deixa os ombros à mostra valorizando o colo. Esse estilo é recomendado para noivas com seios médios e deve ser evitado por aquelas que têm seios volumosos e costas largas.

Decote em coração ou meia taça: esse modelo leva esse nome pelo formato que tem, que lembra a parte de cima de um coração. Ele pode ser usado com um estilo mais tomara que caia ou ainda com alça. É o vestido ideal para mulheres com seis redondos e bem colocados. Mulheres com seios pequenos até podem usar, mas devem colocar algum tipo de suporte para fazer volume.

Decote assimétrico: esse é o estilo conhecido como moderninho, porque ele brinca com as formas e dá ao vestido um toque original. É o modelo perfeito para quem quer ser diferente. Não é recomendado para noivas de ombros muito largos.

Véu longo: eles são lindos e clássicos! Os tamanhos podem variar entre 2,5 e até 6 metros, com uma ou mais camadas

Mantilhas: elas são inteiramente feitas de renda. Superchics, tradicionais e o comprimento pode ser bem longo também.

Véus com barrado: eles são marcados por acabamentos de renda nas bordas do comprimento e da largura.

Véu de noiva com barrado.

Vestido Neide Kuhlmann | Foto: Cristian Janke

Voillets: são acessórios charmosos e autênticos. Alguns cobrem metade do rosto, outros, cobrem por completo. Mas não é regra: voillets podem ficar sobre a franja, um lado só do cabelo ou toda a região da cabeça também.

Voillet para noiva.

Frame de vídeo Metade da Laranja | Voillet e vestido: Elis Reinert Atelier

Agora, duvideodó alguém ler o artigo abaixo e não se imaginar em cada etapa deste processo que é ser noiva vestida para casar #muitoamornessahora.

O vestido da noiva, por Neide Kuhlmann

“Algumas noivas sonham com o dia do casamento desde de menina, outras nunca pensaram em casamento, até que o amor as pegou de jeito. Porém todas as noivas tem um sonho em comum: que esse dia seja perfeito, como um conto de fadas. Sejam elas princesas de um reino de praia, campo, cidade, de estilo tradicional ou contemporâneo, todas tem uma Cinderela interior. E por este motivo me tornei costureira, gosto de pensar que posso ser a fada madrinha de cada uma delas. Existe uma expectativa imensa sobre o vestido da noiva, por isso precisamos começar do início:

– Quem é a noiva? Como ela conheceu seu príncipe? Qual a história dos dois? Sempre sonhou em casar? O que ela espera desse dia? O noivo sonha em vê-la em algum modelo específico? Onde será o casamento? Qual horário da cerimônia? Onde será a recepção?

Depois que estamos familiarizadas uma com a outra, peço pra que a noiva me traga suas referências: fotos de revista, prints da internet, até mesmo fotos dos casamentos da família, qualquer coisa que seja importante para noiva e nos auxilie na construção de um conceito de vestido. Podemos ver mangas de um, decotes de outro, véu, grinalda ou uma joia familiar, uma saia de uma it girl, a cauda da princesa, as costas do último modelo Valentino. Não importa qual for a imaginação da noiva, meu papel é orientar, unindo seus desejos com estilo e bom gosto.

A segunda etapa normalmente é a mais divertida: vamos às compras! Faço questão de estar presente nesse momento auxiliando o máximo possível. É bom lembrar que o dia do casamento é para celebrar o amor entre um novo casal, mas também para festejar a união de duas famílias, de culturas, gostos, ideias e vontades diferentes. Se for o desejo da noiva, a familia pode participar. Podemos fazer o dia das compras na companhia da sua mãe, irmã, madrinha ou qualquer pessoa especial que vá ajudá-la a ficar calma e fazer o mais importante: curtir cada segundo!

Entre sedas, shantung e muita renda, o tecido dos sonhos é escolhido. Faço o croqui e voilà!

A terceira etapa pode ser um pouco frustrante, pois a primeira prova é apenas com o forro e então a noiva não consegue ver o que sonhou ainda, mas essa etapa é essencial, pois essa é a hora dos ajustes. Na segunda prova, vamos definir o comprimento e as aplicações, rendas, bordados, cristais, pérolas, desenhos em 3D. Mas quando chega a terceira prova é impossível o coração não bater mais forte. O grande dia se aproximando e o vestido finalmente tomou forma, só faltam os ajustes finais! A quarta e última prova é com o vestido pronto e muita ansiedade.

Neide Kuhlmann é estilista e veste a noiva no dia do casmaento com seu vestido dos sonhos.

Chegando o grande dia, carruagem na porta e sinos tocando, faço questão de ir ao encontro da noiva. Confesso que mesmo com mais de 20 anos de experiência, sempre me emociono. As minhas noivas Cinderelas sempre estão irradiando amor, é uma luz interna que as deixa mais lindas do que maquiagem e cabelo feito. Entre muitas fotos, elas estão cercadas de pessoas especiais, que as querem muito bem. É só desembrulharmos o vestido e o ar do ambiente muda, o querer bem aumenta e somos todos tomados por aquele amor imenso que se consumará em algumas horas e então elas estão prontas. Eu as visto botão por botão, metro por metro de véu ou cauda, e como num passe de mágica… Bibidi-Bobidi-Boo!”

A Neide atende pelo WhatsApp, o contato é (47) 99927-0006.

#prontomorri, logo chega meu dia (eu ainda não fui procurar vestido de noiva, acreditam?)!!

Um beijo,

Vivi =)

Comente: Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *